Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PORTUGALd'antigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS - PORTUGALdantigamente ....

PORTUGALd'antigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS - PORTUGALdantigamente ....

YOUTUBE

Pedras parideiras de Arouca ( Pedras que “dão à luz” )

Pedras Parideiras são um fenómeno geológico raro, um tipo de pedras que brotam de uma rocha-mãe

 

 

 

A cerca de 70 km da cidade do Porto, em pleno coração do planalto da serra da Freita, é possível observar um fenómeno que, até hoje, é considerado único no mundo e ponto de paragem obrigatório para quem visita esta região.

 

 

Na aldeia da Castanheira, em Arouca, existe um afloramento granítico com cerca de um quilómetro de extensão, onde discos de pedra, designados de nódulos biotíticos, se soltam de rochas de granito, como se delas nascessem: são as pedras parideiras.

 

 

 

Pedras-Parideiras-1024x768.jpg

As Pedras Parideiras simbolizam a fertilidade na tradição ancestral da região, esta tradição está ainda presente nas populações locais. Acredita-se que dormir com uma pedra parideira debaixo da almofada aumenta a fertilidade.

 

 

 

 

Como na generalidade das rochas, os nódulos têm um núcleo de quartzo, revestido a feldspato, moscovide e biotite (mica preta).

 

Porém, aqui a biotite predomina no exterior das formações, permitindo assim, identificar quais as próximas rochas que se vão desprender.

Os nódulos soltam-se devido à erosão do granito mãe e às condições climatéricas da região.

Por serem pretos, no verão, os nódulos absorvem mais calor do que o granito onde se encontram, dilatando-se.

Por outro lado, no inverno, em particular nos dias mais frios, a água que escorre na rocha aloja-se entre o granito e o nódulo e, quando gela acaba por causar o desprendimento e dar origem a uma nova pedra.



Dada a importância estratégica desta área para a região, o afloramento integra o Geoparque de Arouca, bem como a rede de Geoparques da Europa.

Desde 2012 dispõe de um espaço dedicado ao estudo científico do fenómeno e ao turismo, a Casa das Pedras Parideiras.

O espaço, que integra um antigo palheiro, dispõe de uma zona coberta e outra a céu aberto, onde se podem observar estas formações.

A ideia deste local é preservar o espaço e a entidade da região, por isso pense duas vezes quando resolver levar alguma pedra para casa.

 

 

 

 

 

 

 

fonte:http://www.viagensasolta.com/

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

(ajude o nosso blogue)

popads

Mensagens

Comentários recentes

  • Alan Souza

    I loved.Elegância em Teto de Vidro (http://www.se...

  • Vitoria Andrade

    Excelente conteúdo!Instruções de Normas Vidraceiro...

  • Vitoria Barros

    Muito lindo!Modelos de Quadro Magnético Influencer...

  • Anónimo

    O Zé do Telhado está enterrado em Angola, na Proví...

  • Miguel Monteiro

    Já não me ria tanto á muito tempo com uma publicaç...

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

adicional

googleeaaf3da88958a5d9.html