Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTUGALd'antigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS - PORTUGALdantigamente ....

PORTUGALd'antigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS - PORTUGALdantigamente ....

SPORTING 1945-1949 - ESQUADRÃO IMORTAL

800px-1946-47.jpg

 

Grandes feitos: Tricampeão do Campeonato Português (1946-1947, 1947-1948 e 1948-1949), Bicampeão da Taça de Portugal (1945-1946 e 1947-1948) e Bicampeão do Campeonato de Lisboa (1946-1947 e 1947-1948). Foi o primeiro clube da história de Portugal a conquistar o Campeonato Português por três vezes consecutivas (considerando a “era moderna” do torneio, a partir de 1938. 

 

Equipa base: Azevedo; Álvaro Cardoso e Manuel Marques (Juvenal); Canário, Octávio Barrosa e Veríssimo; Jesus Correia, Vasques, Peyroteo, Travassos e Albano (Armando Ferreira). Técnico: Cândido de Oliveira.

 

“Futebol e Violinos”

 

Foram poucas temporadas juntos, mas o suficiente para entrar no imaginário de qualquer torcedor e em qualquer livro ou enciclopédia sobre futebol. Entre 1945 e 1949, uma equipa vestida de verde, branco e preto reuniu cinco futebolistas que nem pareciam jogadores pagos para chutar bolas ao golo. Eles pareciam músicos de uma orquestra que fazia questão de lotar estádios e ouvir os mais longos aplausos, os mais sinceros elogios e os mais ávidos suspiros. Com eles em campo, um golo parecia ser fácil demais, simples demais. Dificilmente aquele esquadrão ficava um jogo sem balançar as redes do adversário. Ainda mais se os tais músicos estivessem juntos. Correia. Vasques. Peyroteo. Travassos. Albano. Cinco homens. Cinco personagens históricos. Cinco Violinos afinados e que anotaram, juntos, mais de 1200 golos com a camisa do Sporting Clube de Portugal, que acabou de vez com a hegemonia de Benfica e Porto e faturou um inédito tricampeonato nacional entre 1946 e 1949, período de ouro e que consagrou de vez uma das equipas mais prolíficas e avassaladoras de toda a Europa. Com seus cinco violinos e uma turma muito bem treinada pelo técnico Cândido de Oliveira, o Sporting não se cansou de golear os rivais de seu país, trucidou equipas de outras fronteiras e mostrou que Portugal também tinha uma grande equipa mesmo após a II Guerra Mundial e com o mágico e portentoso Torino, da Itália, também brilhando. É hora de relembrar.

 

5violinos.jpg

Os músicos da bola do Sporting: Jesus Correia, Vasques, Peyroteo, Travassos e Albano. 

 

0000007999-peyroteotaasculo.jpg

Peyroteo com o troféu “O Século”, entregue juntamente com o título do Campeonato Português de 1948.

 

 

www.123pecas-auto.pt 3002 PopAds.net - The Best Popunder Adnetwork

Mais sobre mim

foto do autor

contador visitas

(ajude o nosso blogue)

[ Tradutor ]

Traduzir para Chinês Traduzir para Espanhol Traduzir para Italiano Traduzir para Françês Traduzir para Inglês Traduzir para Alemão Traduzir para Japonês Traduzir para Russo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Calendário

Fevereiro 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

popAds

adsense