Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PORTUGALdantigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS -

PORTUGALdantigamente

- TRADIÇÕES - CURIOSIDADES - HISTÓRIA - LENDAS -

História do navio Português VERA CRUZ

verac.jpg

 Vera Cruz foi um paquete português. Pertenceu à Companhia Colonial de Navegação (CCN), a quem serviu entre 1952e 1973, tendo atendido a linha do Brasil.

 

Foi construído nos estaleiros da Société Anonyme John Cockerill, na Bélgica, em 1950. A sua encomenda inseriu-se dentro do Plano de Renovação da Marinha de Comércio - conhecido por Despacho 100 - implementado por Américo Tomás, então ministro da Marinha de Portugal.

Ao abrigo desse plano, foram construídos 56 novos navios para a marinha mercante portuguesa - entre os quais vários grandes paquetes como o "N/T Vera Cruz" - que ficaram conhecidos como "navios do Despacho 100".

 

De concepção avançada à época, foi o primeiro grande paquete português, uma vez que os navios de passageiros até então, excepto o "N/T Serpa Pinto", constituiam-se em unidades mistas de passageiros e carga.

O seu projeto foi semelhante ao do "N/T Santa Maria", também pertencente à CCN, e que entraria ao serviço em 1953.

 

A sua construção custou ao estaleiro 86 000 horas de trabalho e foram utilizadas 8 mil toneladas de aço e 150 toneladas de alumínio, sendo instalados no navio 240 quilómetros de cabos elétricos e 96 quilómetros de encanamentos.

Estiveram envolvidos na construção cerca de 1.000 técnicos e operários, que trabalharam durante 18 meses.

Os passageiros dispunham de salas de cinema, jardim de inverno, piscina e hospital.

 

Foi lançado ao mar em 2 de junho de 1951, tendo adentrado a barra do rio Tejo em março de 1952. Estava equipado com aparelhos de radar com alcance de 30 milhas náuticas, agulha giroscópica e piloto automático. Custou 408.000 contos em 1952.

A sua viagem inaugural iniciou-se a 20 de março de 1952, com destino a Buenos Aires, com escalas em Rio de Janeiro, Santos e Montevideu, tendo como passageiros de honra o Almirante Gago Coutinho, o Almirante Henrique Tenreiro, Teófilo Duarte, a fadista Hermínia Silva e uma missão cultural.

 

Até julho de 1954 permaneceu, com o irmão gémeo N/T Santa Maria, exclusivamente na "Rota do Ouro e Prata" (Lisboa -Buenos Aires).

A partir dessa data passou a servir a carreira da América Central (Lisboa - Havana) com escalas em Vigo,Funchal, Santa Cruz de Tenerife, La Guaira e Curaçao. A partir de 1956 ambos os navios começaram também a servir na Carreira de África.

 

Com a eclosão da Guerra Colonial Portuguesa, O N/T Vera Cruz, foi adaptado ao transporte de tropas, tendo ficado afecto a esse serviço até janeiro de 1972.

A partir dessa data o navio permaneceu atracado no Porto de Lisboa até 4 de março de1973, data em que saiu para a sua última viagem com destino ao desmantelamento na República da China.

 

( fonte wikipédia )

 

www.123pecas-auto.pt 3002 PopAds.net - The Best Popunder Adnetwork

3 comentários

Comentar post

(ajude o nosso blogue)

Mais sobre mim

foto do autor

[ Tradutor ]

Traduzir para Chinês Traduzir para Espanhol Traduzir para Italiano Traduzir para Françês Traduzir para Inglês Traduzir para Alemão Traduzir para Japonês Traduzir para Russo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

contador visitas

Mensagens

Comentários recentes

Calendário

Fevereiro 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

popAds

adsense